Reconheça os fatores de risco

Fraturas por stress são lesões comuns nos membro e tornozelos. Elas acontecem mais constantemente em atletas, já que decorrem da contrapeso e do stress repetitivo, como no caso de corredores de longas distâncias.
Aumentos repentinos de exercício similarmente são capazes de impulsionar a ocorrência de fraturas por stress. Por adágio, se você for uma indivíduo alusivo a sedentária, porém faz uma escalada nas férias, pode sentir uma quebra por stress. A osteoporose e algumas outras doenças que afetam a vigor e a condensação ósseas deixam você mais afeito a fraturas dessa camada. Experimentar corporificar várias atividades em pouco tempo similarmente pode provocar fraturas por stress. Por adágio, se você for bicho nos treinos e inicia a experimentar correr 10 km toda semana, uma quebra por stress pode ocorrer.

Esteja atento à dor

Se você sente, no pé ou artelho, uma dor que diminui ao longo o alívio, pode ser que você tenha aguentado uma quebra por stress. Se ela agravamento ao longo as atividades cotidianas normais, este é um bom demonstração de que ela está presente. A dor similarmente agravamento com o tempo. Essa dor parece vir dos tecidos mais profundos dos membro, dedos ou tornozelos. A dor não é somente indefensabilidade que sai de seu corpo. Se você senti-la de maneira consistente, em sui generis no momento em que se alimentar de atividades cotidianas, ou persiste ao longo o alívio, consulte um médico. Ignorá-la pode dificultar também mais a agravo.

Esteja atento ao inchaço e à sensibilidade.

Se você tiver uma quebra por stress, pode ser que perceba que o cume do pé está inchado e abaladiço ao toque. O inchaço similarmente pode ocorrer na parte externa do artelho. Não é comum sentir uma dor aguda no momento em que você abrigo qualquer setor do pé ou artelho. Se você perceber a aparição de dor ou receptividade ao toque no pé, consulte o médico.

Examine a área em busca de hematomas

Eles não aparecem constantemente em fraturas por stress, porém essa é uma possibilidade. Você pode ser que se sinta atraído a “aceitar o tranco” da dor presente na quebra por stress, porém é melhor não o realizar. Se você não acudir-se tratamento, ela pode dificultar com o tempo e o dificuldade pode até inclusive se arrebentar por completo.

Entre em contato conosco, podemos lhe ajudar.

%d blogueiros gostam disto: